2º Fórum Mais Segurança recebe Beltrame e Rodrigo Pimentel

DSC_0188

A ONG Brasil Sem Grades e a Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul promovem no dia 8/5, das 8h30 às 18h30, o 2º Fórum Mais Segurança, que ocorrerá no Palacinho do Ministério Público (Praça Marechal Deodoro, n° 110, Térreo, Centro Histórico, Porto Alegre/RS). O encontro, com entrada franca, terá ainda o apoio do Ministério Público gaúcho.

Após a primeira edição bem sucedida, em 2016, o evento ganha sequência com o objetivo de promover o debate sobre o contexto da segurança pública atual no Rio Grande do Sul e no Brasil, contando com a presença de especialistas das áreas jurídica, criminal e da psicanálise, além de autoridades políticas. A programação do encontro terá a missão de resgatar aspectos que justifiquem a crescente violência enfrentada e a forma com que a sociedade lida com suas consequências e efeitos. (Confira a programação aqui)

Intitulado A progressão de pena é para todos?, o primeiro painel abordará o tratamento dado aos diferentes tipos de criminosos, destacando as peculiaridades dos perfis de sociopatas e estupradores. O juiz Orlando Facchini Neto e psiquiatra forense Vivian Day conduzirão o tema. À tarde, o painel Caminhos para a segurança pública promoverá um debate sobre as políticas de segurança e seus resultados em diferentes Estados. Participam da atividade o ex-secretário de segurança pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame; e o ex-secretário de segurança de SP, Fernando Grella. O consultor de segurança e ex-capitão do BOPE, Rodrigo Pimentel, será responsável pela condução do painel Impunidade x Criminalidade, encerrando as atividades.

Para o presidente da ONG Brasil Sem Grades, Luiz Fernando Oderich, esta edição do fórum será um espaço para o diálogo, troca de experiências e reflexão sobre as soluções possíveis para conter a criminalidade. “Vivemos uma crise geral, mas com consequências distintas em diferentes regiões do país. Enquanto o Rio Grande do Sul carece de estrutura e ações efetivas para conter o avanço do crime, um estado enorme e complexo como São Paulo consegue a menor taxa de homicídios do país. São respostas para estas perguntas que buscamos apresentar nesse evento, que também convida o público a refletir sobre a maneira que tratamos os diferentes tipos de bandidos”, pondera.

Conforme o presidente da AMP/RS, Sérgio Harris, o evento tem o objetivo de levar informação técnica e promover a reflexão sobre a efetividade do nosso sistema penal e a política de segurança pública adotada pelo Estado do Rio Grande do Sul. “O cidadão se vê acuado diante dos níveis de criminalidade, e o poder público parece incapaz de garantir a segurança da população. Vamos discutir o porquê de o nosso sistema penal não estar dando conta de assegurar a justa punição de criminosos e o caos que vive a segurança pública”, destaca.

As inscrições para o evento podem ser feitas diretamente na página inicial do site da ONG Brasil Sem Grades.