. .

Pai? Presente!

livro

A ação, criada em parceria com a Defensora Pública e o Ministério Público, teve início em março de 2009 no município de São Sebastião do Caí no Rio Grande do Sul.

O programa busca identificar as crianças da região que não têm o nome do pai no registro de nascimento e, a partir desse mapeamento, localizar os pais para que estes assumam o compromisso com os filhos. Decorre de problemas como o combate a evasão escolar, uso de drogas, delinquência juvenil e comportamentos antisociais como vandalismo e prostituição infantil, demonstrando a importância da figura paterna no desenvolvimento saudável da criança e do adolescente.

No projeto, os pais são chamados para registrar os menores, contribuir financeiramente com a criação e a participar ativamente de suas vidas. A primeira fase é a identificação das crianças nessa situação, por meio de escolas e do cartório. Após, as mães são procuradas pelas psicólogas para determinar a identidade do pai, e quando este é encontrado, a Defensoria Pública providencia a realização de um teste de paternidade. A etapa seguinte é inserir a figura paterna no cotidiano da criança.

A história do projeto Pai? Presente! é contada por Luiz Fernando Oderich, no livro Os Filhos da Mãe. Para mais informações sobre a obra clique aqui.